Fomento Científico

Núcleos de Excelência

O Pronex - Programa de Apoio a Núcleos de Excelência é um instrumento de estímulo à pesquisa e ao desenvolvimento científico e tecnológico do País, por meio de apoio continuado e adicional a grupos de alta competência, que tenham liderança e papel nucleador no setor de sua atuação.

Atendendo à diretriz de descentralização da produção do conhecimento nacional, o CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico firmou parcerias com o Governo do Tocantins, que possibilitaram a provisão dos recursos técnicos e financeiros para implantação do Pronex no Estado. 

O programa teve início em 2008 e tem previsão de encerramento em dezembro de 2013. Estão sendo investidos R$ 2 milhões, sendo Rudo.500.000,00 do CNPq e R$ 500.000,00 da Sedecti, em cinco projetos de pesquisa no Tocantins, que vão desde a área da saúde à agropecuária. 

 

PROJETOS FINANCIADOS

Geração de Tecnologias para Produção Animal no Ecótono Cerrado/Amazônia

Motivados pelo crescimento acentuado de instalações de usinas de produção de biodiesel na região, os pesquisadores buscam alternativas de alimentação animal a partir dos subprodutos agroindustriais oriundos da cadeia produtiva do biodiesel. Outros quesitos tratados na pesquisa são a qualidade do leite em animais alimentados com subprodutos agroindustriais e a questão das plantas tóxicas que matam grande número de animais na região, mas que possuem potencial para utilização terapêutica. 

A pesquisa é realizada nos municípios de Araguaína (sede do núcleo) e Araguatins, pelo pesquisador José Neumam Miranda Neiva, da UFT - Universidade Federal do Tocantins e pelos pesquisadores auxiliares, também da UFT, Poliana Mendes Avelino de Carvalho, Viviane Mayumi Maruo, Francisca Elda Ferreira Dias, Sandro Esteban Moron e da Funtrop - Fundação de Medicina Tropical, Wilma Gomes Galvão. O projeto recebeu recursos no valor de R$ 499.943,70. 

Manejo de Pastagem adequado ao Ecótono Cerrado/Amazônia, com ênfase na Produtividade e Sustentabilidade dos Sistemas Silvipastoril e Integração Lavoura-Pecuária

A pesquisa apresenta o sistema silvipastoris e a integração lavoura-pecuária como alternativas para conciliar e garantir a produção simultânea de animais e seus produtos - madeiras, frutos, derivados em geral e outros bens de serviços e, simultaneamente, melhorar a conservação do solo. O estudo segue uma tendência mundial de busca por soluções à crescente demanda por produtos de origem animal, causada pelo crescimento da população e da capacidade de consumo. 

Os trabalhos são realizados nos municípios de Palmas (sede do núcleo) e no município de Araguaína, pelo pesquisador da UFT Antônio Clementino dos Santos e os pesquisadores auxiliares, José Expedito Cavalcante da Silva, também da UFT e Raimundo Laerton de Lima Leite do IFTO - Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Tocantins. O projeto recebeu recursos no valor de R$ 305.398,80. 

Núcleo de Estudos em Doenças Negligenciadas: Rede Tocantinense de Diagnóstico, Prevenção e Controle

O objetivo é criar e estruturar uma rede de pesquisas envolvendo três instituições de pesquisa no estado, a Unirg – Fundação Universidade Unirg, UFT e Funtrop, em uma rede de pesquisa com infraestrutura e material humano apto para realizar diagnóstico das DNTs de importância no estado do Tocantins, principalmente nas leishmanioses, doença de Chagas, complexo teníase x cisticercose, filanose, tuberculose, hanseníase e dengue.

Os trabalhos são realizados nas cidades de Palmas (sede do núcleo), Araguaína e Gurupi pelo pesquisador Marcello Otake Sato, da UFT e pelos pesquisadores auxiliares, Flávio Augusto de Pádua Milagre, da Unirg e Cássio Roberto Leonel Peterka, do IFTO. O projeto recebeu recursos no valor de R$ 420.000,00.

Desenvolvimento de Tecnologias Sustentáveis para a produção de melão no Estado do Tocantins

A pesquisa está realizando o diagnóstico das doenças, pragas e plantas invasoras do meloeiro, os potenciais polinizadores desse tipo de produção, comportamento de genótipos comerciais na região sul do Tocantins com e sem aplicação de agrotóxicos e a avaliação da influência da adubação nitrogenada e potássica sobre os recursos tróficos para os polinizadores e na qualidade dos frutos. O objetivo do estudo é minimizar as perdas por pragas e a diminuição na quantidade de polinizadores, devido ao uso de produtos químicos no controle dessas pragas.

Os trabalhos são realizados nas cidades de Gurupi (sede do núcleo), Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, Pedro Afonso, Porto Nacional e Palmeirópolis pelo pesquisador Gil Rodrigues dos Santos da UFT e pelo pesquisador auxiliar, Marcelo Alves Terra, do IFTO. O projeto recebeu recursos no valor de R$ R$ 499.729,90.

Cadeias Produtivas Agroenergéticas e Desenvolvimento Territorial no Tocantins: uma abordagem interdisciplinar

A pesquisa está realizando uma análise sobre os possíveis pontos positivos e negativos da produção de Biodiesel no Tocantins. Os dados coletados para obtenção dos resultados serão baseados em inquéritos familiares nas regiões produtoras e informações de órgãos governamentais e não governamentais sobre atividades agrícolas, não agrícolas e domésticas. O questionário é estruturado com indicadores econômicos e de qualidade de vida.

Os trabalhos estão sendo realizados no município de Palmas, pelo pesquisador Waldecy Rodrigues, da UFT e pelos pesquisadores auxiliares Marcus Vinícius Alves Finco, também da UFT, e Gisláne Ferreira, do IFTO. Foram investidos na pesquisa recursos no valor R$ 498.999,80.

 

CONCLUSÃO DOS PROJETOS

Todos os projetos de pesquisa estão em fase de conclusão e têm previsão de encerramento em dezembro de 2013.