Edital 2011

PRÊMIO IDJARURI KARAJÁ, de Apoio a Preservação das tradições indígenas

Idjarruri Karajá, já falecido, abandonou ainda criança a aldeia, na Ilha do Bananal, para concluir o primeiro grau. Nos anos 70, uniu-se a outros estudantes em Brasília para formar a União Nacional Indigenista (Unind). Sofreu represálias e viu companheiros serem mortos. Idjarruri representou o Brasil como um dos três delegados no encontro para discutir o desenvolvimento institucional indígena, no México. Foi representante da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira.

Arquivo(s)