Notícias

12ª Primavera dos Museus é comemorada no Tocantins

09/10/2018 - Wladimir Machado/Governo do Tocantins

Com o tema Celebrando a Educação em Museus, a 12ª Primavera dos Museus conta com programação concentradas em Palmas e no munícipio de Arraias. A programação acontece entre os dias 17 e 23 de setembro. A Primavera dos Museus tem o propósito de integrar os museus brasileiros e intensificar sua relação com a sociedade.

No município de Arraias, a 410 km de Palmas, a programação diversificada propõe visitas guiadas ao museu Histórico e Cultural de Arraias, ações do projeto Suça Interligando identidade; Exposição comunidade Quilombola da Lagoa Pedra, Roda de São Gonçalo, curso de Educação Patrimonial: Aproximação do Universo Museal; Rodas de conversas com temas voltados ao compartilhamento de experiências, Direito do idoso, além apresentações culturais.

Em Palmas, a Primavera dos Museus será celebrada no 18 de setembro, a partir das 20h, no auditório do Memorial Coluna Prestes, com palestra sobre o Caderno da Política Nacional de Educação Museal (PNEM), destinada aos professores das redes de ensino. A palestra será ministrada pela técnica de Educação Patrimonial da superintendência de Desenvolvimento Cultural da Seden, Elaine Aires Nunes, e pela professora da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Valdirene de Jesus. No local também será realizada visitas guiadas.

O PNEM é resultado de um amplo processo de reflexão e debate iniciado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O documento retrata o diálogo entre museus de todo pais, com seus educadores ocupando lugar de destaque nessa interlocução.

A Primavera dos Museus é promovida desde 2003 pelo Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Demu/Iphan) e a Associação Brasileira de Museologia (ABM).

No Tocantins, a realização do evento é resultado da parceria do governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN/TO), UFT e governo municipal de Arraias e diretoria Regional de Educação/Seduc.