Notícias

Tocantins marca presença no 11º Salão do Artesanato

06/11/2018 - Seleucia Fontes / Governo do Estado

O Estado do Tocantins participa do 11º Salão do Artesanato, maior vitrine do artesanato brasileiro. No encontro, que acontece entre 7 e 11 de novembro, no Expo Center Norte, em São Paulo, estão previstos cerca de 60 mil visitantes e mais de 1000 artesãos que estarão expondo e comercializando o que há de melhor na produção artesanal brasileira. Serão milhares de produtos da mais alta qualidade e com grande valor cultural agregado. Além disso, visitantes e participantes podem participar de oficinas, assistir a shows de danças e músicas regionais, desfrutar os pratos da culinária típica de todas as partes do Brasil.

O estande tocantinense contará com produtos de 14 artesãos, selecionados por meio de edital e que trabalham com grande diversidade de materiais, com destaque para o capim dourado, buriti, madeira, sementes, fibras, bucha vegetal, cerâmica. São eles: Márcio Bello, Lúcia de Carvalho Gomes, Raimundo Carneiro Soares, Tereza Alves dos Santos, Elizângela Ribeiro Amâncio, Eliene Bispo Cantuário, Samuel Yriwerana Karajá, Guilherme Augusto dos Santos, Josias Souza Menezes, Gustavo Xohtye, Durvalina Ribeiro de Sousa, Rosirene Pereira Menezes, Iracy da Silva Miranda e Antônio Luiz Ribeiro das Neves.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), é responsável pelo transporte das peças e participa das atividades com duas técnicas da pasta, a superintendente de Desenvolvimento da Cultura, Noraney de Castro, e a coordenadora do setor de Artesanato, Núbia Maria Cursino Machado. “O Governo do Estado está proporcionando aos artesãos tocantinenses a participação em todas as feiras artesanais, oportunizando a interação com novas técnicas, bem como geração de emprego e renda”, pontua Noraney.

Realizado há 10 anos consecutivos, o Salão do Artesanato tem apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) e conta com a participação de 25 estados e do Distrito Federal. Em outras edições, a feira registrou volume de negócios superior a R$ 5 milhões.